Os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde e alguns profissionais da Secretaria Municipal de Educação e Cultura do município realizaram, no sábado (09) e domingo (10), a etapa teórica e prática do curso de APH – Atendimento Pré Hospitalar e BLS – Suporte Básico de Vida.
O atendimento pré-hospitalar se atribui ao atendimento realizado fora do ambiente hospitalar, em geral em regime de urgência/emergência. No caso de pacientes graves e acidentes, esse atendimento pode ser o diferencial entre a vida e a morte. O curso focou em situações de ameaça imediata à vida do paciente, ensinando os profissionais a reagir de maneira rápida e efetiva. Na parte prática, em frente à Praça Central foi simulada uma situação de acidente e os grupos foram para o salvamento e remoção das vitimas.
Já o suporte básico de vida consiste em um conjunto de medidas voltadas à redução do dano ou do risco de morte associado a eventos cardiovasculares, em especial, à parada cardiorrespiratória. Na prática, os profissionais realizaram manobras de salvamento. Ainda durante os dois dias de curso os profissionais aprenderam sobre noções básicas de salvamento por engasgo, em queimaduras e imobilizações, entre outras.
A secretária de saúde, Adriana Silva Risson, comentou que a qualificação dos funcionários sempre será uma prioridade na Secretaria de Saúde, uma vez que os protocolos estão em constante mudança e os profissionais precisam se adaptar a eles. “Todos os funcionários da Secretaria de Saúde participaram do curso, assim, como alguns funcionários da Secretaria de Educação”. Adriana ainda comentou sobre a importância dos profissionais da Educação participarem da capacitação, “é muito importante que em cada escola tenha pelo menos 03 funcionário capacitados para realizar procedimentos básicos de salvamento quando ou se ocorrer engasgos, queimaduras, saber imobilizar um crianças ou jovem, entre outras questões importantes”. A secretária de saúde finalizou dizendo que “a qualificação da nossa equipe é extremamente necessária, pois dessa forma sempre estaremos aptos a atender da melhor forma todos aqueles que precisarem dos nossos serviços”.
Para o prefeito municipal, Eduardo Picolotto, “o curso é uma oportunidade para que profissionais da área de saúde, a quem sempre é confinada à missão de salvar vidas, possam dominar o assunto proposto e adquirir segurança na abordagem à vítima. Proporcionar esses momentos é, cada vez mais, investir no ser humano. A boa política também é capacitar nossos servidores de todas as áreas da esfera pública”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *